Coronavirus 728x90

Exportação de café do Brasil avança em abril e quase zera estoques, diz Cecafé

Por Redação em 12/05/2020 às 18:24:34


Resultado supera o volume projetado para o mês, com os embarques para os principais mercados compradores, Europa e Estados Unidos. Exportação de café no ES atinge US$ 505,8 milhões

Léo Junior/ Seag

O Brasil exportou em abril 2,99 milhões de sacas de 60 quilos de café verde, alta de 1,5% em relação a igual período do ano passado, o que representa uma "surpresa positiva" e praticamente exaure os estoques de passagem, disse nesta terça-feira (12) o Conselho dos Exportadores de Café (Cecafé).

Segundo a entidade, o resultado supera o volume projetado para o mês, com os embarques para os principais mercados compradores, Europa e Estados Unidos, aumentando mesmo em meio à pandemia de coronavírus.

"Historicamente, pela primeira vez os estoques foram praticamente exauridos durante a entressafra... O Brasil terá de contar com a safra 2020/21", disse em comunicado o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes.

Considerando as variedades de café, as exportações de arábica tiveram queda de 1,1% no mês passado, a 2,7 milhões de sacas, mas os embarques de robusta saltaram 30,3%, para 313 mil sacas.

A receita cambial no período somou US$ 442,1 milhões, alta de 9% em relação ao ano passado.

Os Estados Unidos, maiores compradores do café brasileiro, adquiriram quase 2,7 milhões de sacas em abril, alta de 8,45% na comparação anual. A Alemanha, que vem na sequência, incrementou as compras em 9,45%, a 2,4 milhões de sacas.

Por outro lado, a maior queda entre os principais destinos foi registrada nos embarques para o Japão, que recuaram em 38% no mês passado, somando 632,4 mil sacas, disse o Cecafé.

Após os estoques de passagem quase se esgotarem, o Brasil está no início da colheita da nova safra de café. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) vê a produção de 2020/21 em até 62 milhões de sacas.

Fonte: G1

InfoJud 728x90

Comentários