Coronavirus 728x90

Governo estima faturamento da agropecuária para 2020 de R$ 697 bilhões, melhor resultado da série histórica

Por Redação em 13/05/2020 às 17:38:32


Produção de carnes, soja e café ajudam no resultado do levantamento, que é feito há 31 anos, de acordo com o Ministério da Agricultura. Frigorífico de carne bovina, setor de proteína animal conseguiu bom desempenho

REUTERS/Paulo Whitaker

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) em 2020, que trata do faturamento do setor, deve atingir R$ 697 bilhões em 2020, de acordo com estimativa divulgada pelo Ministério da Agricultura nesta quarta-feira (13). O cálculo leva em conta os dados do setor até abril.

Segundo o governo, é o maior valor obtido em 31 anos de levantamento. Se confirmado, supera em 8,6% o resultado de 2019, que também foi recorde.

O valor das lavouras cresceu 10,4% e devem gerar R$ 462 bilhões. Já a pecuária avançou 5,4%, para R$ 234,9 bilhões.

"As condições climáticas favoráveis na maior parte das áreas produtoras e os preços agrícolas foram decisivos para esses resultados", explicou o ministério, em nota.

Para a soja, milho, carnes de frango e de suíno, as exportações estiveram em níveis superiores aos últimos 5 anos, diz o Ministério da Agricultura. Segundo o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), o Brasil deve suprir 51,4% da demanda mundial de soja e 33% da carne de frango.

Entre as lavouras com desempenho favorável, segundo o governo, destacam-se arroz, cacau, café (+35,4%), cana-de-açúcar (+2,5%), feijão (+8,5%), laranja (+9,2%), milho (+17,6%), soja (+16%) e trigo (31,3%).

Porém, quatro produtos têm apresentado redução do VBP: algodão em caroço, banana, batata inglesa e uva.

A avaliação dos técnicos do Ministério da Agricultura é que a pecuária tem conseguido em desempenho "surpreendente", sendo o mercado internacional grande responsável pelo resultado da atividade.

"Os valores da produção de carne bovina e suína cresceram 13,2% e 10,2%, respectivamente. A produção de ovos, por sua vez, cresceu 11,6%, colocando o setor numa posição melhor do que a do ano passado."

Os resultados regionais mostram a liderança da região Centro-Oeste, cujo VBP é de R$ 218,7 bilhões. A região Sudeste alcançou R$172,3 bilhões, Sul, R$168,4 bilhões, Nordeste, R$ 66,4 bilhões e Norte, R$ 44,22 bilhões.

Fonte: G1

InfoJud 728x90

Comentários