Basf vai parar de produzir herbicida glufosinato de amônio

Por Redação em 11/07/2024 às 08:19:31

A alemã Basf vai parar de produzir o glufosinato de amônio, um dos ingredientes ativos mais populares dentro da categoria de herbicidas, por causa da concorrência com produtos genéricos e produtos "alternativos".

A Basf produz o herbicida em suas unidades de Knapsack e Frankfurt, ambas na Alemanha. Com a decisão, as duas fábricas serão fechadas. O plano é encerrar as atividades na unidade de Knapsack até o fim do ano, enquanto a de Frankfurt ainda deve operar até o fim de 2025, informou a empresa em comunicado ao mercado.

Os cerca de 300 funcionários que trabalham nas unidades não serão demitidos até o fim de 2025, mas a companhia admite que haverá uma "redução gradual" dos empregados após consultas com representantes dos trabalhadores.

A Basf também mencionou como motivos para o encerramento da produção os custos de energia e de matéria-prima "elevados".

Para não sair do mercado de glufosinato de amônio completamente, a Basf vai comprar o ingrediente ativo de fornecedores terceirizados no futuro. A companhia afirma que essa estratégia "vai garantir sua competitividade e lucratividade no longo prazo no mercado de glufosinato de amônio".

A empresa alemã também vai focar no desenvolvimento de novas soluções à base de glufosinato de amônio para alcançar "os mesmos resultados com taxas de aplicação significativamente menores", disse Michael Heinz, membro do conselho de diretores executivos da Basf, em nota. O plano é atender as Américas e a Ásia.

Diferentemente do glifosato, criado pela Monsanto (hoje Bayer), o glufosinato é mais eficaz em plantas anuais de folha larga, mas também pode ser usado em plantas de folha estreita. O produto também pode ser usado nos casos em que as ervas daninhas têm resistência ao glifosato, e vem ganhando espaço depois da proibição do paraquate.

No Brasil, há 45 marcas de herbicidas que usam o glufosinato de amônio em sua composição. A Basf é uma das principais vendedoras de herbicida com base na molécula no Brasil, o Finale, que é um dos seus produtos mais vendidos no país.

Fonte: GR

Comunicar erro

Comentários

Acomp Gyn - Goiania