Exportações de frango caem em junho

Por Redação em 09/07/2024 às 07:50:47

A queda nas exportações brasileiras de carne de frango em junho não compromete a projeção de crescimento dos embarques este ano, destacou nesta segunda-feira (8/7) a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

No último mês, as exportações brasileiras de carne de frango in natura e processada somaram 435,9 mil toneladas, queda de 2,3% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em receita, a queda foi de 10,6% na mesma comparação, para US$ 793,6 milhões.

"A oscilação levemente negativa nos embarques comparativos de junho não é suficiente para comprometer o momento positivo vivido pelas exportações de carne de frango", destaca o presidente da ABPA, Ricardo Santin. Ele ressalta que a média das exportações registradas neste ano foi de 431,4 mil toneladas, 0,8% superior ao registrado na média dos doze meses do ano passado.

"O fato da média do primeiro semestre superar a média geral de 2023, aliada ao fato de que o segundo semestre é, tradicionalmente, o melhor período para as exportações, apontam para novos resultados positivos para o ano de 2024", avalia Santin.

A última previsão divulgada pela ABPA, em dezembro do ano passado, aponta um crescimento de até 3,9% nas exportações brasileiras de carne de frango em 2024, podendo alcançar até 5,3 milhões de toneladas no período. A Associação atualizará os números no próximo dia 31 de julho.

No acumulado do primeiro semestre do ano, as exportações brasileiras de carne de frango somam 2,588 milhões de toneladas, volume 1,6% menor que o registrado nos seis primeiros meses de 2023. A receita foi de US$ 4,636 bilhões, queda de 10,3% em relação ao ano passado.

Fonte: GR

Comunicar erro

Comentários

Acomp Gyn - Goiania