Em parceria com IFMT, Conab participa de abertura do Projeto Maria Terra, em Cuiabá

Por Redação em 12/06/2024 às 11:48:23

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT), participa até amanhã (13) de atos do Curso de Formação para Extensionistas e Coordenadores de Polos - Coordenação Geral do Projeto de Extensão "Maria Terra".

A solenidade de abertura aconteceu na manhã da terça-feira (11) e contou com a presença da diretora Administrativa, Financeira e de Fiscalização da Conab, Rosa Neide, e da superintendente regional da Companhia no estado, Francielle Tonietti Capilé. Além de diversas autoridades, participaram do evento 150 agricultoras que foram selecionadas e serão beneficiadas pelo projeto.

A diretora Rosa Neide falou sobre a autonomia das mulheres do campo, por meio do projeto Maria Terra: "Essas mulheres terão formação, assistência técnica, equipamentos e a coordenação do Instituto Federal, para que elas possam, num futuro próximo, ter autonomia, plantando, colhendo e vendendo".

O projeto Maria Terra é executado por meio da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do IFMT (Funadif) e tem como objetivo prestar assessoria técnica e capacitação aos coletivos, às associações e às cooperativas da agricultura familiar, presididas por mulheres, para o fortalecimento e estruturação de atividades de produção de alimentos, qualificando-as para a comercialização junto à Conab.

"A gente vai integrar mulheres com capacitação e com assistência técnica para que as agricultoras possam participar das políticas da agricultura familiar executadas pela Conab", disse a superintendente regional da Conab, na abertura do evento.

O Projeto visa promover ações de pesquisa, formação, organização e acompanhamento de grupos de mulheres camponesas, agricultoras, coletivos de mulheres provenientes de povos e comunidades tradicionais, em situação de vulnerabilidade econômica e social, em Mato Grosso, a fim de estimular sua autonomia produtiva, sua emancipação social, por meio de um melhor acesso ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Além disso busca estimular a organização de associações, cooperativas e empreendimentos de economia solidária, fortalecendo assim as iniciativas dessas pequenas produtoras rurais da região, e fomentando a geração de renda, o escoamento produtivo e uma melhor segurança alimentar e nutricional para estas pessoas.


Fonte: Conab

Comunicar erro

Comentários

Acomp Gyn - Goiania