Exportações de carne bovina bateram novo recorde em maio

Por Redação em 08/06/2024 às 09:12:09

As exportações de carne bovina do Brasil alcançaram o recorde de 240.622 toneladas em maio, informou a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), com base em dados do governo federal. Foi o segundo mês consecutivo de recorde no volume embarcado e um avanço de 26,2% comparado ao mesmo período de 2023.

Com as vendas da proteína, o país registrou um faturamento de US$ 1,056 bilhão em maio, 11% acima do montante obtido em maio do ano passado, mesmo com os preços da tonelada embarcada em queda.

A China segue como principal destino da carne brasileira, respondendo por 98.243 toneladas em maio, embora o volume tenha recuado em relação ao mês anterior, quando o país adquiriu 101.365 toneladas.

Em contrapartida, as exportações para os Estados Unidos cresceram 64,6% na variação mensal, chegando a 13.186 toneladas, puxadas pelo aumento dos embarques de carne in natura, que mais que dobraram entre abril e maio. A Abiec não detalhou o comparativo anual dos embarques aos países.

Acumulado do ano

No acumulado dos primeiros cinco meses de 2024, o Brasil exportou cerca de 277 mil toneladas a mais que no mesmo período de 2023, chegando a 1,07 milhão de toneladas. Já o faturamento aumentou em cerca de US$ 943 milhões, atingindo US$ 4,73 bilhões.

Os embarques para a China cresceram neste período, em meio a um número maior de frigoríficos habilitados para vender ao país asiático. Foram 25% a mais no volume embarcado, para 473.715 toneladas, com acréscimo de 10,9% no faturamento, para US$2,11 bilhões.

Houve crescimento também nos embarques acumulados para os Emirados Árabes, de 22.703 toneladas, entre janeiro e maio de 2023, para 85.488 toneladas em 2024, com faturamento saindo de US$101,14 milhões para US$ 393,5 milhões.

"O aumento se deu não somente para atender à demanda do próprio país, mas pelo fato de os Emirados Árabes estarem cada vez mais funcionando como hub de exportações para outros mercados, em especial o Irã", disse a Abiec em nota.

Situação semelhante acontece com os embarques para a Turquia. O país passou a ser destino de 20.388 toneladas de carne bovina brasileira em 2024, frente às 1.951 toneladas registradas no ano passado.


Fonte: Globo Rural

Comunicar erro

Comentários

Acomp Gyn - Goiania