AL- Vacina que volta

Brasil terá 12 novos adidos agrícolas junto às representações diplomáticas no exterior

Por Redação em 23/11/2021 às 17:36:05

Os novos representantes passaram por processo de sele√ß√£o e agora participam de treinamento com programa√ß√£o nos ministérios da Agricultura e das Rela√ß√Ķes Exteriores, e na Ag√™ncia Brasileira de Intelig√™ncia


Doze adidos agr√≠colas se preparam para tomar posse em miss√Ķes diplom√°ticas brasileiras no exterior. Desses, 11 ir√£o substituir adidos em postos que j√° estavam estabelecidos. A cidade de Berlim, na Alemanha, por sua vez, contar√° pela primeira vez com um adido agr√≠cola.

O decreto com a designa√ß√£o foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e publicado no Di√°rio Oficial da Uni√£o no √ļltimo dia 8 de novembro.

Os adidos agr√≠colas designados participam nesta semana do 2¬ļ módulo de treinamento de in√≠cio de miss√£o, com programa√ß√£o nos ministérios da Agricultura, Pecu√°ria e Abastecimento e das Rela√ß√Ķes Exteriores e na Ag√™ncia Brasileira de Intelig√™ncia (Abin).

Com a posse dos novos adidos, o Brasil contar√° com 28 adidos agr√≠colas brasileiros junto às representa√ß√Ķes diplom√°ticas no exterior, conforme o Decreto N¬ļ 10.519.

Os adidos desempenham miss√Ķes permanentes de assessoramento junto às representa√ß√Ķes diplom√°ticas brasileiras no exterior. T√™m o papel de identificar oportunidades, desafios e possibilidades de comércio, investimentos e coopera√ß√£o para o agronegócio brasileiro. Para isso, t√™m interlocu√ß√£o com representantes dos setores p√ļblico e privado, assim como interagem com relevantes formadores de opini√£o, na sociedade civil, imprensa e academia.

De acordo com a Secretaria de Comércio e Rela√ß√Ķes Internacionais, os adidos agr√≠colas t√™m sido amplamente reconhecidos como agentes para maior inser√ß√£o da agropecu√°ria brasileira nos mercados onde est√£o inseridos. A atua√ß√£o dos adidos agr√≠colas em postos estratégicos tem papel importante no desempenho favor√°vel nas negocia√ß√Ķes de acordos internacionais de comércio, na supera√ß√£o de barreiras técnicas, sanit√°rias e fitossanit√°rias ao comércio e na promo√ß√£o do agro brasileiro nas miss√Ķes oficiais.

A dura√ß√£o da miss√£o de assessoramento em assuntos agr√≠colas poder√° chegar a quatro anos consecutivos, n√£o prorrog√°veis, contados da data de apresenta√ß√£o do adido agr√≠cola à representa√ß√£o diplom√°tica para a qual tiver sido designado.

Seleção

O processo seletivo dos novos adidos iniciou em junho. Entre os requisitos para concorrer ao cargo est√£o: ser servidor do quadro de pessoal efetivo do Ministério da Agricultura, Pecu√°ria e Abastecimento e estar em exerc√≠cio no Mapa ou em uma de suas entidades vinculadas. Também deve ter, no m√≠nimo, quatro anos de exerc√≠cio no Ministério ou em entidade vinculada ao órg√£o, nos √ļltimos dez anos.

Além disso, o candidato deve ser brasileiro nato ou naturalizado e ser servidor publico federal ou empregado do quadro permanente de empresa p√ļblica federal ou de sociedade de economia mista h√° no m√≠nimo dez anos. Outros requisitos s√£o: atestar profici√™ncia em idioma estrangeiro, conforme o edital, e diploma de n√≠vel superior completo, no grau de bacharel ou equivalente, fornecido por institui√ß√£o reconhecida pelo MEC.




Confira a relação dos novos adidos agrícolas:

ANA CAROLINA MIRANDA LAMY, na Embaixada do Brasil em Bangkok, Reino da Tail√Ęndia;

EDUARDO SAMPAIO MARQUES, na Embaixada do Brasil em Berlim, Rep√ļblica Federal da Alemanha;

ANDREA CLAUDIA PARRILLA, na Embaixada do Brasil em Buenos Aires, Rep√ļblica Argentina;

ADRIANE REIS CRUVINEL, na Embaixada do Brasil na Cidade do México, Estados Unidos Mexicanos;

JULIANO VIEIRA, na Embaixada do Brasil em Hanói, Rep√ļblica Socialista do Vietn√£;

BRUNO CAVALHEIRO BREITENBACH, na Embaixada do Brasil em Jacarta, Rep√ļblica da Indonésia;

√āNGELO DE QUEIROZ MAUR√ćCIO, na Embaixada do Brasil em Nova Delhi, Rep√ļblica da √ćndia;

CARLOS GOULART, na Embaixada do Brasil em Pequim, Rep√ļblica Popular da China;

CARLOS VITOR MULLER, na Embaixada do Brasil em Pretória, Rep√ļblica da África do Sul;

ADRIANO PERRELLI PESTANA DE CASTRO, na Embaixada do Brasil em Riade, Reino da Ar√°bia Saudita;

RICARDO ZANATTA MACHADO, na Embaixada do Brasil em Seul, Rep√ļblica da Coreia; e

MARCO AURÉLIO PAVARINO, na Embaixada do Brasil em Tóquio, Jap√£o.


Fonte: Ministério da Agricultura

Comunicar erro
AL- Fake News - Vacinas

Coment√°rios