AL- Vacina que volta

Suspeita de vaca louca em Minas afeta mercado da carne no país

Por Redação em 03/09/2021 às 12:00:49

Em nota, Abrafrigo disse que investigação do caso 'serviu para diminuir ainda mais o negócio de aquisição de bois diariamente'. Suspeita de vaca louca em Minas Gerais afeta mercado da carne no país (imagem ilustrativa)

Juliana Amorim/Unsplash/Divulgação

A suspeita de vaca louca identificada em Minas Gerais acentuou a queda da atividade dos frigoríficos brasileiros, de acordo com a associação que representa o setor.

"A notícia da vaca louca veio neste momento em que a ociosidade nos frigoríficos que trabalham somente com o mercado interno é bastante elevada e serviu para diminuir ainda mais o negócio de aquisição de bois diariamente", disse a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) em nota.

De acordo com a entidade, a preocupação maior é com os frigoríficos que exportam, principalmente para a China, porque pode passar a existir suspensão das compras dos produtos, mesmo que temporária.

“Tudo isso criou uma situação de compasso de espera por parte das empresas que naturalmente iriam parar suas atividades pelo feriado de 7 de setembro, aguardando o desfecho deste caso para a quarta-feira”, afirmou a Abrafrigo.

Ainda de acordo com a associação, o preço da arroba do boi, que estava muito elevado, apresentou pequenas quedas nos últimos dias.

Procura por carne vermelha cai pela metade em Minas Gerais

Fazenda isolada

O governador Romeu Zema (Novo) informou, na manhã desta sexta-feira (3), que a fazenda onde foi encontrado o animal com suspeita da doença foi isolada, mas não detalhou a medida nem informou a cidade em que o caso é investigado.

“A nossa Secretaria de Agricultura está trabalhando com o Ministério da Agricultura. Assim que esse caso foi suspeitado, essa fazenda foi isolada. Isso já tem alguns dias, fiquei sabendo posteriormente. E todas as medidas estão sendo tomadas para que esse caso não se propague. Ainda não temos ciência se é a doença contagiosa ou se é a outra que não é contagiosa. Mas, de toda forma, todas as precauções foram tomadas. E, lembrando, que tanto Minas quanto o Brasil dependem muito de exportação de proteína animal”, disse Zema.

O G1 questionou o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) sobre o município de ocorrência da suspeita e o isolamento da fazenda, mas o órgão não havia se manifestado até a última atualização da reportagem.

O Ministério da Agricultura confirmou que está investigando a suspeita de vaca louca em Minas Gerais nesta quarta-feira (1º). Segundo a pasta, "como membro da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), o Brasil adota os procedimentos de vigilância, investigação e notificações recomendadas pela instituição" e, quando o processo de análise for concluído, os resultados serão informados.

Vídeos mais vistos do G1 Minas:

a

Fonte: G1

Comunicar erro
AL- Fake News - Vacinas

Comentários