SUÍNOS/CEPEA: Preços apresentam movimentos distintos entre as regiões

Por Redação em 14/01/2021 às 09:33:32

Cepea, 14/01/2021 – Pesquisadores do Cepea indicam que, enquanto os embarques de carne suína brasileira seguem aquecidos neste início de janeiro, o consumo doméstico da proteína está bem retraído. Dessa forma, algumas regiões produtoras acompanhadas pelo Cepea e que são tradicionalmente mais exportadoras – e, portanto, menos dependentes do comércio local – conseguem sustentar e, até mesmo, elevar os valores da carne e, consequentemente, do animal vivo. Já nas praças que tipicamente negociam apenas internamente, observa-se certa pressão sobre os valores dos cortes, das carcaças e do suíno vivo

Fonte: Cepea

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
InfoJud 728x90

Comentários