Incêndios em canaviais podem afetar próxima safra do Brasil, diz Unica

Por Redação em 23/09/2020 às 16:50:40

Queimadas e o tempo seco no país s√£o também alguns dos fatores que têm provocado alta do pre√ßo do a√ßúcar negociado em Nova York. Incêndio atingiu canavial entre Ubarana e José Bonif√°cio

Arquivo Pessoal

A sequência de incêndios que atinge canaviais do centro-sul do Brasil n√£o deve alterar as perspectivas para a produ√ß√£o de a√ßúcar da atual temporada, mas pode prejudicar a próxima safra, disse nesta quarta-feira a Uni√£o da Indústria de Cana-de-A√ßúcar (Unica), citando também uma seca prolongada.

Operadores e analistas têm citado os incêndios e o tempo excessivamente seco no Brasil como um dos fatores de suporte aos pre√ßos do a√ßúcar negociado em Nova York, que subiram nas últimas sess√Ķes.

VÍDEOS: incêndio no Pantanal

"A maior preocupa√ß√£o consiste em fogos em √°reas j√° colhidas, que pode impactar a oferta de cana para o próximo ciclo, pois, além do fogo, tivemos veranico prolongado afetando o desenvolvimento das √°reas de cana soca", disse o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, referindo-se às √°reas onde a cana j√° foi cortada e as plantas est√£o come√ßando a se desenvolver para a safra 2021.

Em resposta a quest√Ķes enviadas por email, o diretor n√£o deu detalhes.

As √°reas centrais do Brasil têm registrado o segundo ano consecutivo de chuvas abaixo da média. A seca excessiva resultou em um grande número de incêndios, tanto em √°reas florestais quanto em √°reas agrícolas.

Incêndio atinge canavial em Goiatuba

Segundo o Agricultural Weather Dashboard do terminal Eikon, da Refinitiv, a precipita√ß√£o acumulada em Ribeir√£o Preto (SP), importante regi√£o produtora de cana, por exemplo, soma 13,5 milímetros desde o início de agosto, ante 120 milímetros na média normal para o período.

Um corretor de a√ßúcar nos Estados Unidos afirmou que apesar dos problemas, ainda parece ser muito cedo para considerar danos à próxima safra.

"Perguntei a alguns grandes produtores do Brasil sobre o tempo seco, e eles me disseram: 'me liga de volta em novembro'", disse ele.

Outro corretor de a√ßúcar, este com base em Londres, disse que as notícias do Brasil aparentam ser "exageradas".

O período de chuvas a partir de outubro pode regenerar os cultivos, mas √°reas que foram afetadas pelos incêndios ter√£o de ser replantadas, acrescentou Matheus Costa, analista de a√ßúcar da corretora StoneX.

"É difícil ter uma avalia√ß√£o precisa agora. Mas h√° riscos para a produ√ß√£o futura em algumas √°reas", afirmou.

Vídeos: tudo sobre agronegócios

Fonte: G1

Coronavirus 728x90
InfoJud 728x90

Coment√°rios